05/01/2018

Kung Fu

KUNG FU

 

O Choy Lay Fut é um dos estilos mais difundidos no mundo, em especial no sudeste da Ásia e na América do Norte. Foi originado na região Sul da China, no início do século XIX.

Sendo a tradição do kung fu essencialmente oral, a história do estilo é permeada de lendas, e portanto existem muitas versões para sua criação. Mas é unânime a atribuição do papel de fundador a Chan Heung, como também o fato da origem do nome ser uma homenagem a seus principais mestres: Choy vem de Choy Fuk, Lay vem de Lay Yau San e Fut, que significa Buda (o iluminado), é referente à raiz dos ensinamentos de seus professores, os quais tiveram seus treinamentos realizados no tempo Siu Lam (Shao Lin). Por ter influências de vários mestres, é possível reconhecer no estilo a junção de técnicas de Mãos do Sul e Chutes do Norte, além da influência da lendária técnica Palma de Buda – segundo a tradição, ensinada ao fundador pelo Monge Chin Cho War Cern (Monge Grama Verde).

CONTEÚDO DE AULA

A prática de Choy Lay Fut é baseada no treino de Formas (Taolu), que são sequências de movimentos com aplicações marciais. Podem ser tanto de mãos livres quanto envolver armas, praticadas por uma única pessoa ou em conjunto, no segundo caso sendo chamadas de Luta combinada. As armas do currículo básico são o Bastão, a Lança e o Facão. Em graus mais avançados, há outras armas mais tradicionais do estilo, como a Espada, o Banco e o Kwan Dao.

OUTROS ESTILOS

Além do currículo padrão, em ocasiões especiais, fora do horário de aula, podem ser dados cursos de armas ou formas de outros estilos, diferentes do Choy Lay Fut. Embora não façam parte do currículo e não sejam obrigatórias, conhecer movimentos e instrumentos diferentes contribuem para o aperfeiçoamento do aluno, ampliando seu repertório marcial. Algumas das formas e armas extras conhecidas por nossos instrutores são o Leque, Nunchaku, Bastão duplo, Pek Kwar(Estilo do Macaco). Também é possível eventualmente convidar o instrutor de um outro estilo para que ele apresente um seminário, ocorrendo um intercâmbio de técnicas.